sexta-feira, 15 de setembro de 2017

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Jesus na Escola


Sequela de A infância de Jesus,  Coetzee regressa com esta família: David, Inés e Simón que estão agora de chegada a Estrella. É preciso procurar trabalho, casa e também providenciar a educação de David, que continua curioso e irreverente. É na academia de dança local que recai a escolha dos pais e será aí que os problemas e os desafios irão surgir em catadupa.
Os grandes temas abordados com inteligência numa escrita que nos provoca inquietação.

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Canção Doce


Logo na primeira página ficamos a saber que as duas crianças foram barbaramente assassinadas pela ama. Este facto poderia fazer perder o interesse na leitura, no entanto, a autora consegue prender-nos à história desta família de classe média. A jovem mãe decide retomar o trabalho e a solução é contratar uma ama para ficar com os filhos. Esta mulher altamente recomendada e dedicada à família é uma pessoa em desiquilíbrio e não consegue separar os problemas pessoais de uma vida no limiar com a integração nesta jovem família cheia de boas-intenções e o resultado será dramático.
O livro levanta muitas questões que se colocam às sociedades ocidentais na atualidade:o preconceito de classe, a exclusão social, as dificuldades dos relacionamentos, a solidão, a depressão, etc. numa espiral de tensão angustiante que a autora consegue transmitir de forma clara e por vezes poética.
De doce teremos apenas o título.
Mais uma edição recente em Portugal de um livro que foi Prémio Goncourt e que em boa hora a Editora Alfaguara publicou.

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Outono


Ali Smith é uma prestigiada escritora Escocesa. Neste seu romance Outono temos uma protagonista que aos oito anos se muda com a mãe para uma casa cujo vizinho - Daniel, um homem já bem idoso, lhe provoca um grande impacto e que irá tornar-se um amigo para a vida. 
A vida e a morte alternam-se numa narrativa em que o presente e o futuro são incertos, a arte nos pode salvar, a memória é o elo que nos prende uns aos outros e à vida.
De leitura fácil, com personagens interessantes, uma descrição simples mas certeira do sentimento pós-Brexit, este livro, que é o primeiro de uma tetralogia à volta das estações do ano, é terno e profundo.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

HHhH


Mais uma vez a Segunda Guerra Mundial a mostrar ser uma fonte inesgotável de ideias para todos os tipos de livros. Aqui, o autor, Laurent Binet,  premiado com o Goncourt para primeiro romance, vai buscar a sua inspiração ao atentado perpetrado contra Reinhard Heydrich em Praga no ano de 1942.
Os quatro agás do título são a abreviatura no nome pelo qual Heydrich era conhecido entre os SS: Himmler Hirn heisst Heydrich (o cérebro de Himmler chama-se Heydrich) o que mostra bem a importância que este atingiu na máquina Nazi. Foi ele o criador da SD e da solução final.
Mas este livro fazendo um retrato deste dirigente do III reich, é acima de tudo uma homenagem aos dois homens, um Checo e um Eslovaco, que,  por meio da operação Antropoide, foram escolhidos para o eliminar.
Ao longo do livro o autor vai-nos relatando as suas pesquisas, as suas dúvidas e dificuldades, os sentimentos que o assolam à medida que vai narrando a sua história. 
A Sextante Editora a trazer-nos, novamente, grande literatura.

domingo, 23 de julho de 2017

Viajante à Luz da Lua


Um homem de negócios de Budapeste parte em lua-de-mel para Itália. Aí, o reencontro com um amigo de juventude irá provocar uma alteração na sua vida e daí em diante a sua viagem irá prosseguir a solo. A busca de um caminho de vida que julgava ter encontrado, mas descobre não corresponder às expetativas, a nostalgia de uma juventude marcante e a desorientação em relação ao futuro são alguns dos temas abordados neste livro que, escrito em 1937 é também um testemunho do sentimento que se vivia na época.
Antal Szerb, o autor,  foi um dos mais importantes escritores Hungaros do século XX, cuja curta vida se repartiu entre o seu país Natal e França, Itália e Inglaterra. De origem judia acabou por ser uma das inúmeras vidas que se perderam nos campos de concentração.

quinta-feira, 6 de julho de 2017

As Oito Montanhas



Pietro passa os verões da sua infância na montanha e torna-se amigo de Bruno, um rapaz da terra. A montanha é o refúgio desta família da cidade, o seu lugar de paz e o ponto em comum dos dois rapazes. Ao crescer, as vidas dos dois rapazes divergem e Pietro afasta-se por muitos anos. Quando o pai morre,  a sua herança irá devolvê-lo à paisagem que ama e à sua amizade com Bruno.
A procura de um sentido para a vida, a importância da amizade, a liberdade e a nossa pequenez perante a natureza são temas aqui bem expostos. O olhar sobre a montanha é muito vívido e de quem conhece, e a sua descrição traz-nos as suas várias facetas, das mais luminosas às mais negras.

quarta-feira, 28 de junho de 2017

A Árvore dos Toraja


Philippe Claudel é um autor que sigo desde o seu Prémio Renaudot- As almas Cinzentas. Neste novo romance o escritor e realizador Francês começa por nos falar dos rituais de morte entre os Toraja, uma tribo Indonésia que faz um verdadeiro culto da morte. Claudel tem como protagonista um cineasta que perde um amigo e todo o livro se faz em torno da reflexão sobre a morte. Este não é, no entanto, um livro triste ou depressivo e termina mesmo com uma mensagem de vida.
Uma bela abordagem a um tema que nos toca a todos.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Mochilas

Com a chegada do verão chegam também as novidades em material escolar para o próximo ano letivo.
O sortido de mochilas, lancheiras e estojos é grande e várias marcas estão disponíveis: Eastpak, Ghuts, Pepe Jeans, etc.
Venham descobri-las!



segunda-feira, 19 de junho de 2017

Como Falar com Raparigas em Festas


Escrita por Neil Gaiman e ilustrada pelos irmãos Fábio Moon e Gabriel Bá esta novela gráfica fala-nos de dois adolescentes, Enn e Vic que não sabem como aproximar-se e lidar com o sexo feminino.
Decidem aparecer numa festa e aí as surpresas serão muitas mas a incompreensão irá persegui-los.
Humor e fantasia, como é frequente neste autor, numa leitura agradável e com ilustrações muito originais.